Prêmios conquistados

Prêmio Prefeito Amigo da Criança (Versão 2000/Concedido pela Fundação ABRINQ)Troféu Top Cultura (Versão 2000/Concedido pela TV Cultura)

Prêmio Mérito Municipal (versão 2001/Concedido pela Revista Guia de Fornecedores Municipais)

Prêmio Governador Mário Covas – Prefeito Empreendedor (Versão 2001/ Concedido pelo Governo do Estado de São Paulo)

Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade (Versão 2001/Concedido pelo IPHAN)

Prêmio Patativa do Assaré (Versão 2002/ Concedido pela UNICEF)

Prêmio Gestão Pública e Cidadania (Versão 2003/ Concedido pela FGV)

Prêmio Cidade da Oportunidade (Versão 2006/Concedido pela Cúpula Global de Empregabilidade Juvenil, Entregue em Nairóbi – Quênia)

Prêmio Aldo Papone (Versão 2007/Concedido Global Travel & Tourism Partnership – Entregue em Nice – França) 3º Selo Cidade Cidadã (Versão 2007/Concedido pela Câmara dos Deputados Comissão de Desenvolvimento Urbano)

Prêmio UNPSA (Versão 2008/concedido pela United Nationals – Entregue na sede da ONU, em Nova Iorque – EUA 4º Selo Cidade Cidadã (Versão 2008/Concedido pela Câmara dos Deputados Comissão de Desenvolvimento Urbano).
O Projeto em 12 Anos
Jovens atendidos: 2.400
Algumas cidades que atuou: Ouro Preto e Marina – MG, Fortaleza e Sobral – CE, Porto Seguro e Trancoso – BA, Vitória e São Mateus – ES, São Sebastião (SP)
Venha conhecer: Projeto Oficina Escola de Artes e Ofícios Largo São Bento, 80 – Centro Histórico
email: turismo@santanadeparnaiba.sp.gov.br
Fone: (11) 4154 - 6760
EDUCAÇÃO E CIDADANIA

Além de incluir socialmente jovens em situação de risco psicossocial, O POEAO oferece a oportunidade de enveredar por uma área, ainda hoje, bastante elitizada no Brasil: a restauração e a conservação de bens culturais. As atividades desenvolvidas possibilitam aos jovens um contato direto com a história da cidade, com suas tradições e seus significados, despertando neles um sentimento de pertencimento. Todos os meses, os jovens recebem uma bolsa-auxílio no valor de R$ 80,00, além de seguro saúde, alimentação e equipamentos individuais de segurança, uniforme e vale-transporte. A proposta do POEAO não é oferecer apenas cursos de capacitação, mas também instrumentalizar os jovens para que, na sociedade, possam, por capacidade própria e com dignidade, ter uma vida tranqüila e, ao mesmo tempo, serem conscientes de seus direitos e deveres como cidadãos.

SUSTENTABILIDADE ECONÔMICA E AMBIENTAL

Pode-se dizer que os métodos utilizados durante todo o processo de restauro de casas, peças e demais elementos são ecologicamente corretos, devido aos materiais empregados nas reformas. Estes não agridem a natureza e possibilitam aos jovens aprendizes desenvolverem, junto aos Mestres, outras formas de adequação do processo construtivo. As técnicas aprendidas durante o programa de ensino têm fundamental importância para a sustentabilidade do Projeto Oficina Escola de Artes e Ofícios, já que a utilização da Taipa de Pilão vai ao encontro com a preocupação, não apenas de seguir critérios e normas utilizadas no processo de concepção das edificações, mas também com a preocupação atual em minimizar o uso de produtos que agridem a natureza, na sua extração ou mesmo após sua utilização. As peças feitas de madeira são reformadas, em sua grande maioria, com partes da própria madeira que se encontra deteriorada, a qual é restaurada, ou de outras edificações presentes no canteiro de obras. Essas medidas também possibilitam a fidelidade aos detalhes das peças e à preservação do meio ambiente, já que não é necessária a extração de madeira. A própria durabilidade das construções mostra as vantagens de se utilizar uma técnica inteiramente sustentável.
Com o POEAO, os moradores do Centro Histórico têm suas casas valorizadas após o restauro, os proprietários de comércios da cidade, que com o crescimento do número de visitantes e turistas, conquistam o aumento considerável no faturamento de seus estabelecimentos, e a própria Prefeitura, que por meio do aumento nos postos de serviços e abertura de novos comércios, têm sua arrecadação melhorada, possibilitando o investimento em outras frentes e continuidade do próprio Projeto. Outro fator importante é a aceitação do Projeto Oficina Escola de Artes e Ofícios entre todos os moradores, que notam não apenas a valorização econômica do imóvel, mas o resgate da identidade cultural do local onde nasceram e cresceram, e que um dia chegou a ficar totalmente degradado. O trabalho do POEAO é um dos maiores legados que o município deixa às gerações futuras.

FORMAÇÃO PROFISSIONAL

No conteúdo programático do POEAO, os jovens aprendem o ofício de Pintor Restaurador, Pedreiro Restaurador, Marceneiro e Carpinteiro Restaurador. Outras atividades são ministradas durante todo o Curso, o que dá ao jovem aprendiz a noção exata de atividades básicas do mercado de trabalho. Nas chamadas oficinas de aprendizagem, a Oficina Lúdica, por exemplo, ensina pinturas especiais, trabalhos manuais, laboratório cultural e introdução ao samba de bumbo, capacitando jovens de 14 a 16 anos, por meio de workshops e palestras diversas. NelaS, os participantes aprendem a viver, a criar e a progredir. Resgatam os valores e ganham uma oportunidade de construir sua própria cidadania, através da formação profissional, nos ofícios e na arte da restauração do patrimônio. Algumas empresas privadas apoiam o POEAO, colaborando com palestras e outras atividades. Além de fazer parte da Secretaria de Cultura e Turismo do Município, o Projeto Oficina Escola de Artes e Ofícios conta com todo o suporte administrativo, educacional e operacional de outros setores da administração municipal. Outro importante fator é o intercâmbio entre os alunos de escolas da Rede de Ensino Municipal e, muitas vezes, até mesmo Rede Particular, que visitam o POEAO com o objetivo de conhecer as oficinas e técnicas empregadas no restauro das casas e peças encontradas no Centro Histórico de Santana de Parnaíba.
PROJETOS - POEAO

A história do Projeto Oficina Escola de Artes e Ofícios (POEAO) é, principalmente, uma história de vida. Por meio dele, a Prefeitura de Santana de Parnaíba resgata mais que o maior patrimônio histórico tombado e preservado do Estado de São Paulo, resgata a vida e dá oportunidade de carreira para garotos e garotas de toda a cidade. O POEAO teve início no município, em 1999, visando capacitar adolescentes para a área de construção civil, com especialização em restauro. Os jovens atuam no maior “laboratório” de técnicas construtivas tradicionais do Estado, já que o Centro Histórico de Santana de Parnaíba possui 209 imóveis dos séculos XVII, XVIII e XIX tombados pelo CONDEPHAAT, sendo que dois deles contêm a chancela de tombamento do IPHAN.